nº 1715 Artigo – “Deus te abençoe”

Mãe de Deus! Que bênção!

A liturgia do primeiro dia do ano celebra a solenidade de Santa Maria, Mãe de Deus. Deus não salvou o mundo sem a participação do ser humano, de modo especial da mulher – mãe. Iniciar o ano civil com a presença de Maria é celebrar o Deus que a quis participante permanente de seu plano de salvação. Jesus não é uma idéia, uma invenção de alguém. Ele não é um ser humano que foi divinizado. Era homem como nós, com a marca do homem. Tem tudo o que é Divino. Tudo o que é humano está Nele. Escreve o autor da carta aos Hebreus: “Uma vez que os filhos têm em comum carne e sangue, por isso Éle participou da mesma condição a fim de destruir pela morte o dominador da morte, isto é o  diabo”(Hb 2,14).  Estando em nossa condição, sem ter o pecado (Hb 4,15), venceu o pecado. Em Maria, Mãe de Deus, porque seu Filho é Deus, temos o início de uma nova geração do universo, sem o mal. Colocando-a no início do ano, como mãe que abençoa, dá início a um ano de graça e de vida. É como que Maria gerasse o novo ano. Por isso, lemos o livro dos Números no qual Deus nos ensina a abençoar. Conhecemos a mente religiosa do povo. Tem muito preceitos, proibições, perigos, pragas e outras baboseiras. Parece uma religião do medo. Como o perigo não é um risco tão grande assim, vivemos sem o compromisso fundamental que é colher a bênção de Deus que é Jesus. E não passamos adiante essa bênção para a transformação do mundo. Sabemos que governo e sociedade não modificam essa vida dos que sofrem. Cabe a nós cumprir a missão que Deus colocou nos braços de Maria: Jesus, que veio da vida em abundância (Jo.10.10).

Somos uma bênção

Gostamos de receber bênçãos. Gostamos porque há alguém que abençoa. Quem? Nós somos uma bênção de Deus. Que sua vida seja um rio de bênçãos por onde passar. Dar uma benção é estabelecer uma ligação com o Céu onde está fonte de toda bênção. Entendemos bênção como uma coisa boa que se derrama sobre nós. É também, mas em primeiro lugar a bênção se dirige a Deus. Nós bendizemos a Deus (abençoamos) por tudo que Ele é e faz por nós. Quantas orações em que dizemos bendito seja Deus.  O que Deus faz então? Ele manifesta sua bondade e dá sua graça que é seu amor e sua vida. Por isso Paulo escreve: “A graça de Deus se manifestou trazendo salvação para todos os homens” (Tt 2,11). Vivendo no amor e na amizade com Deus somos uma bênção, pois estamos oferecendo vida, bondade, benignidade, bons caminhos e todas as coisas boas para o bem. Somos uma bênção. Quem nos encontra, recebe essa bondade salvadora de Deus. É por isso que dizemos sobre uma pessoa: “Ela nos transmite tanta paz!” Ela é uma benção.

Vida abençoada

            Gostamos de ter objetos abençoados. É muito bom. A bênção não modifica a qualidade do objeto, mas o coloca na dimensão de fazer-nos bem, de ajudar na construção de uma vida abençoada. Temos uma vida abençoada, pois participamos da vida divina pelo Batismo e pela Eucaristia. Tendo Jesus em nós, que mais precisamos? De que devemos ter medo, a não se de não amar e não fazer o bem? Que Deus volte seu rosto para nós, isto é, estejamos sempre em consonância e concordância com o amor que Ele nos oferece. Rezamos no salmo: “Que Deus nos dê sua graça e sua bênção” (Sl 66). Olhando o calendário temos pela frente 365 dias como dom de Deus e tempo da graça. Feliz e abençoado Ano. Que sua vida seja uma permanente bênção por onde passar.

 

Anúncios
Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: